26 de maio de 2017

O QUE É ESSENCIAL?


Essencial é a vida vivida com amor,
Sem alimentar o ódio ou guardar rancor.
Suavizar os passos, como pluma voar...
Estreitar laços, abrir os braços, perdoar!
Nunca dizer nunca ou palavras vãs,
Cantar com os pássaros pelas manhãs,
Irradiar luz, alegria e paz do coração,
Aninhar-se com Deus na oração.
Lutar na vida com fé e gratidão.


Esta é do meu marido! Tá pegando gosto! kkk

Hoje participei do Um projeto por mês! A realização deste projeto foi essencial na minha vida, aí me ocorreu a frase...

Veja AQUI o motivo! Rsrs

O importante nem sempre é essencial, mas o essencial é sempre importante! E ser feliz? É importante ou essencial? Enquanto você decide, vamos ser feliz Brincando com a Chica?





PROJETO: ESVAZIAR UMA MALA DE ROUPAS


Olá pessoal, tudo bem?

E chegou mais uma sexta-feira, a última do mês, como está passando rápido!! E se é a última sexta-feira, significa que tem Um projeto por mês, eba!! Para quem ainda não sabe, este maravilhoso projeto, é um incentivo para realizarmos tudo aquilo que um dia planejamos, mas por alguma razão, ficou parado ou perdido no tempo ocupando mega espaço na nossa vida. E é muito ruim sentir o peso nos ombros por alguma coisa mal feita ou inacabada na nossa vida, não é verdade? Este brilhante projeto foi idealizado pela querida Márcia do blog Poções de Arte. Não deixem de conhecer ou fazer parte porque é uma das melhores coisas que tem acontecido na minha vida!

Bem, vocês devem estar achando estranho o título da minha postagem! Rsrs. Mas o meu projeto deste mês foi exatamente esvaziar uma mala de roupas que há muito tempo venho tentando fazer, mas não tenho alcançado êxito. Tudo começa com a correria do dia dia, mas nada justifica deixar algo lá parado sem dar andamento! Eu tenho mania de culpar o tempo, mas na verdade, a culpa é minha mesmo por não saber administrar melhor as minhas coisas. Aqui em casa, eu tenho um velho hábito, muito feio, por sinal, que precisa ser corrigido! Quando uma roupa cai o botão ou precisa de um conserto, eu coloco num lugar separadinho para consertar depois ou quando vou desapegar de uma roupa que não me serve mais também a separo para jogar fora ou para doação, até aí tudo bem! O problema é que este "depois", depois eu conserto, depois eu arrumo, depois eu levo para doação... este "depois" tem virado anos!! E com isso a pilha de roupas só foi aumentando! Para vocês terem uma ideia, a coisa fugiu do controle quando eu comecei a colocar as roupas numa mala, porque não cabia mais no cesto que eu tinha separado para este fim! Precisava dar um basta urgentemente nisto!!! Esvaziar essa mala era primordial para mim! E este dia, enfim, chegou! Viva!!!

Esta era a situação... 

Cesto cheio e mala abarrotada de roupas!!

Confesso que a realização deste projeto levou semanas para ser concluído! Primeiro eu chequei roupa por roupa e separei o que era para doação, para jogar fora, para conserto e... tinha até roupa ali do dia a dia para ser lavada, que vergonha!!!
Na organização, eu destinei o cesto apenas para as roupas que necessitam de conserto e fiz uma tag com esta indicação.

Veja como a pilha diminuiu! Rs

As roupas destinadas para a doação eu as empilhei numa sacola e as roupas a serem lavadas ficaram na mala.

Eu esqueci da mala e ela acabou não saindo na foto!

As roupas que foram descartadas, ou seja, aquelas que não serviam para serem doadas por estarem muito velhas ou rasgadas, algumas foram para o lixo, outras viraram paninho de limpeza e outras viraram retalhos que guardei para serem transformados futuramente em fuxico (outro projeto, kkk).
Esta semana, enfim, consegui concluir a maior parte do projeto! As roupas da mala foram lavadas, as roupas do cesto foram devidamente consertadas e a sacola para doação foi encaminhada a um bazar onde costumo fazer doações, cuja renda é destinada à Pastoral de Rua aqui da minha paróquia.


Este casaco preto na pilha das roupas consertadas estava sem 2 botões, algo tão simples de resolver! Eu querendo tanto usá-lo e ele lá parado o maior tempão! Como pode?? Fiquei tãão feliz quando o vi arrumadinho com todos os botões, tive até vontade de chorar! kkkk
O meu projeto só não foi concluído totalmente porque ainda faltaram 3 vestidos para serem consertados, na verdade, eles precisam ser reformados, mas aí já fugiu da minha alçada, rs, só mesmo uma costureira profissional para dar jeito. Eu só não levei ainda para a costureira porque são vestidos de verão e não vou usá-los agora no frio e tem um ainda que estou na dúvida se vale mesmo a pena a reforma ou se encaminho para a doação.  Ficou aí este "rabinho" para trás no meu projeto, mas a minha maior conquista, gente, foi esvaziar aquela bendita mala, foi o mais importante para mim porque estava me incomodando demais! Agora sim posso respirar aliviada! Rs.

Mala vazia, coração feliz!! Rs

Gente, um detalhe importante que precisa ser dito! Nesta pilha toda de roupas tanto do cesto quanto da mala, só tem roupa minha! Quando é roupa do meu marido, eu faço na hora! Caiu um botão da camisa dele, já coloco na hora, descosturou uma camiseta, já costuro na hora! Com as coisas dele eu sou mais zelosa, já com as minhas é um desleixo só! Sinceramente não sei o que acontece comigo! Tem algum psicólogo aí que saiba explicar essa situação? kkkk

Loucuras à parte, rs, junte-se a nós no Um projeto por mês! Para conhecer melhor o projeto clique no link em destaque ou no banner abaixo. Obrigada, Márcia! Mais um projeto concluído, graças a você!

http://pocoesdearte.blogspot.com.br/2017/01/um-projeto-por-mes-2017.html

Participantes deste projeto (atualizando no decorrer das visitas):

Poções de Arte: Candy canes









20 de maio de 2017

A REVOLTA DAS LETRAS


Certa vez, houve uma grande discussão entre as letras do alfabeto! As consoantes, em maior número, se rebelaram contras as vogais e resolveram se unir para expulsá-las do abecedário.
As vogais, indignadas, começaram a gritar:
- Não é porque somos em menor número que não temos o nosso valor! Quais palavras, vocês consoantes, poderiam formar sem a nossa ajuda?
As consoantes retrucaram:
- Nós, consoantes, somos um grupo de 21 letras, por certo, somos capazes de formar muito mais palavras do que vocês que são em cinco!
- Diga-nos, então, uma única palavra que seja, que vocês consigam formar, gritaram as vogais!
Neste momento, as consoantes começaram a ficar agitadas, pois todas as combinações de letras que elas faziam não saía uma só palavra! Foi quando as letras "M" e "R" subiram num lugar mais alto, como um palanque e começaram a falar:
- Consoantes! Consoantes! Todas vocês, olhem para nós! Anos atrás éramos reconhecidas apenas como símbolos, com o passar do tempo as vogais passaram a ter o status igual ao nosso, facilitando assim a escrita para muitos povos. Que alegria para nós essa união, poder formar tantas e tantas palavras de entendimento para muitos! Não queremos voltar no tempo, sem falar que com essa separação o mundo se transformaria numa grande torre de babel, a comunicação se tornaria difícil e complicada e ninguém mais entenderia uns aos outros.
Neste momento, a letra "A" pediu a palavra e quando foi se juntar com as letras "M" e "R" tropeçou e caiu! A letra "O" que estava mais próxima, ajudou a letra "A" a se levantar e juntas seguiram para o local onde se encontravam as letras "M" e "R" e ao chegarem lá, no palanque, as quatro letras se abraçaram! De repente, começou um corre-corre entre as demais letras, as consoantes começaram a abraçar as vogais e vice-versa, o que se via era uma grande confraternização entre as letras. O "M", então, perguntou ao "A":
- O que aconteceu para que a alegria e a paz se instalassem entre elas?
E o "A" respondeu:
- Quando nos abraçamos, formamos a palavra AMOR!
A partir deste dia, a paz reinou no alfabeto e as letras se tornaram o pilar da comunicação escrita e falada.
**********

Esta historinha eu escrevi há muito tempo atrás e quando vi a palavra da semana, resolvi publicá-la! Eu sempre gostei de escrever e este conto "A Revolta das Letras" surgiu num momento que eu fiquei pensando o que seria de mim (ou de nós, rs) se não houvesse a escrita! De que forma eu iria expressar meus sentimentos, ordenar os meus pensamentos? Ainda bem que é só um conto e que o final foi feliz! Rsrs





Eu, pelo meno, tenho muita dificuldade! Rs

Siga as letras C, H, I, C e A e saiba como os nossos amigos estão brincando com a letra!




12 de maio de 2017

FIOFÓ


"Fiofó" é uma palavra do nosso dicionário.
Algo tão comum que chega até ser hilário.
Mas muitos a usam pejorativamente de um jeito
Que conota ofensa, total falta de respeito!

Quem "fiofó" não tem?
É um órgão que muito convém.
Quem mal uso da palavra faz 
Não pode ter alegria nem paz.
E num dia sem mais nem menos
Pode provar do próprio veneno!


Pode ser, mas não deveria! Rs

Essa foi do meu marido!! kkkk


Com um termo dado tão inusitado, rs, o que será que nossos amigos têm aprontado? Confira no Sementes da Chica! 😂




6 de maio de 2017

CASCATA


Cascatas de grande beleza que alucinam,
Que o espírito aventureiro inebriam.
Suas águas torrentes atraem, fascinam.

Deixar-se levar pela sua força, o seu poder...
Algo que foge do controle, vai além do querer.
Coragem ou insensatez? Como compreender?

O coração que no peito pulsa, mais alto fala.
A razão que a mente busca, destoa, se cala.
O ser que emana liberdade não se abala.





Uma cascata de criatividade espera por você no Sementes da Chica! Vem!!!




28 de abril de 2017

VEM QUE COLA!


Cola rima com escola
Mas não é legal na prova colar
É preciso estudar
E com honestidade boa nota tirar


Se liga na parada:
Fofoca não está com nada!
Use a língua para edificar
Não a use para julgar


Se quer ser pessoa do bem
Pratique a caridade sem olhar a quem
Siga o exemplo de Jesus em tudo
E não só quando convém


A geração saúde tem razão
Refrigerante é porcaria, não bebo não!
Os piores são esses à base de cola
Passo reto nem dou bola!


Cola na Chica e dê adeus à pasmaceira! Junte-se a nós nesta divertida brincadeira! 😉




DIVISÓRIA PARA GAVETA


Olá pessoal, bom dia!

A última sexta-feira do mês é sempre muito bem-vinda porque tem Um projeto por mês! E é hoje! Eba!! Este projeto, uma iniciativa da querida Márcia do blog Poções de Arte, é um incentivo, uma motivação para colocarmos em prática tudo aquilo que temos guardado no bau das tralhas e que, por algum motivo, está lá parado entulhando a nossa vida! E quem não tem o bau das tralhas? Se querem saber, o meu bau nem estava fechando de tanta coisa entulhada que tinha ali, mas graças a este projeto tenho conseguido destralhar muita coisa e é uma sensação de liberdade, de alívio que dá na gente concluir algo inacabado que dá vontade de sair voando, rs. Com certeza a vida fica mais leve!

E continuando a minha saga da organização, desta vez consegui organizar a minha gaveta de utensílios de cozinha. Há muito tempo estava precisando desta organização! No dia a dia, não estava nada prático pegar algo nesta gaveta. Por mais que eu arrumasse não conseguia manter organizada, sempre acabava bagunçando tudo e isso me deixava extremamente irritada, pois perdia tempo procurando algum utensílio que queria usar num determinado momento.

Queimei a mufa tentando encontrar um jeito de organizar esta gaveta de um modo que não bagunçasse mais! Um dia, vendo um vídeo da Flávia Ferrari (aqui), gostei do modo como ela organizou a gaveta criando um organizador na diagonal para acomodar os talheres maiores, pensei ser esta a solução para os meus problemas e resolvi colocar em prática, porém, me deparei com a primeira dificuldade: não tenho habilidade nenhuma com madeiras MDF e muito menos com tintas, precisava pedir a ajuda dos universitários, no caso, o meu marido, rs. Mas devido ao trabalho dele estava difícil encontrar tempo e eu não aguentava mais aquela gaveta empatando a minha vida, até que...

Um dia, vendo um vídeo da Rafaela Oliveira (aqui), achei super interessante ela ensinando a fazer divisória de gaveta de isopor. Opa! Isopor??? Isopor não é algo difícil de manusear, acho que consigo! E além de fácil manuseio tem baixo custo, melhor ainda! Mas será que dá certo fazer uma divisória de gaveta de isopor para o fim que necessito, pensei! Para saber, teria que tentar, né?! Então, lá fui eu colocar a mão na massa, ou melhor, no isopor e o resultado ficou assim:


Para fazer esta divisória de gaveta, eu usei:


  1. 1 placa de isopor de 1 cm de espessura
  2. Papel contact
  3. Régua
  4. Caneta
  5. Estilete
  6. Tesoura
  7. Cola (cascola Extra)
  8. Trena para medir a gaveta
Tire as medidas da gaveta e corte o isopor que será a base da divisória. Coloque a base na gaveta e disponha os talheres do modo como você quer que fique, faça traços com a caneta para saber onde ficarão as divisórias. Na hora de cortar as divisórias no isopor, meça primeiro a altura da gaveta e corte as divisórias com 1 cm a menos (eu achei que ficou alto e acabei tirando mais 1 cm de altura das divisórias, ou seja, minha gaveta tem 12 cm de altura e eu cortei as divisórias com 10 cm de altura).


Depois de tudo cortadinho, é hora de encapar com o papel contact. Eu ia fazer a base de uma cor e as divisórias de outra, mas acabei fazendo tudo de uma mesma cor.


Agora é a hora de colar as divisórias, momento tenso, rs. Como disse a Rafaela no vídeo, ela tentou usar cola quente, mas não deu certo, então, ela deu a dica da cascola Extra. Esta cola eu encontrei facilmente numa loja de material de construção. Ela tem um cheiro beeem forte, por isso recomendo que use máscara ou abra todas as janelas e portas da sua casa. Tome cuidado com essa cola, mesmo com toda a casa bem ventilada, eu fiquei com dor de cabeça e com o nariz e os olhos ardendo por um bom tempo, pode ser que tudo se deu porque tenho rinite, mas todo o cuidado é pouco.

Depois de tudo coladinho, ficou assim:


Agora é a hora de colocar a divisória na gaveta e organizar os talheres, o momento mais legal que achei, rs.


Cada grupo de coisa ficou na sua "casinha", bem mais fácil de achar, pegar e usar e na hora de guardar também facilitou bastante. E o melhor de tudo? Não bagunçou mais! Maravilha!!


Eu achei essa divisória na diagonal perfeita para acomodar os talheres grandes e sendo de isopor foi melhor ainda porque eu consegui fazer, rsrs. Duas ideias em uma que deu super certo e que resultou numa vida mais fácil e prática. Realizar este projeto me deixou muito feliz!!!

E você? O que precisa tirar do bau das tralhas? Junte-se a nós neste projeto e vem ser feliz!! Para participar clique no banner abaixo. Obrigada Márcia, gratidão eterna! ❤


Participantes deste projeto (atualizando no decorrer das visitas):

Alê - Bordados e Crochê: Cupcake
Menina Prendada: Limpando geral
Poções de Arte: Placa bebê Sarah
Casinha da Eliane: Bebê soninho
Zizi Santos: Ecojóia de plástico
Recicla e cria: Tricô e crochê
Se a minha bici falasse: Adoções



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...